Acompanhamento Psicológico Toggle

No IOP você nunca se sentirá sozinho!

Estamos aqui para caminhar lado a lado, a cada passo dado no seu tratamento, apoiando e buscando a melhoria de sua qualidade de vida, quer você seja  paciente, quer seja acompanhante, familiar.

Queremos ouvir você e assim ajudar a diminuir o sofrimento, medos e angústias causados pela doença.

No Instituto de Oncologia de Petrolina o serviço de Psicologia atua de modo indispensável. Além do acolhimento e cuidado integral e humanizado oferecido aos usuários do serviço (pacientes, familiares, acompanhantes e funcionários), o atendimento psicológico auxilia ao paciente a vivenciar todas as etapas do seu processo de adoecimento, que abrangem a prevenção, diagnóstico e tratamentos.

A descoberta do diagnóstico, e toda mudança de rotina advinda desse processo podem gerar situações de adversidade e fragilidade, que repercutem no âmbito físico, psíquico, social, relacional e em alguns casos financeiro; mobilizando questões emocionais que precisam ser cuidadas para fortalecer o indivíduo no enfrentamento deste momento.

Embora a Ciência tenha apresentado muitos avanços neste campo, o câncer ainda é uma palavra recheada de estigmas e paradigmas, associado por algumas pessoas a uma sentença de morte, ou mesmo à ideia de tratamentos agressivos e vinculados a sofrimento e perdas em relação à aparência, autonomia, efeitos colaterais e mudanças nos hábitos e rotina familiar e profissional.

Muitas vezes a surpresa e impacto do diagnóstico é relatado por alguns pacientes como uma vivência de medo,  angústia, revolta, tristeza e uma total impotência frente ao novo, ao desconhecido: Procedimentos médicos, tratamentos, prognósticos e sobretudo à expectativa de futuro ao questionarem-se como levarão suas vidas a partir deste fato.

Este momento pode significar também um período de reflexão, no qual o indivíduo realiza um autêntico contato consigo mesmo e faz uma revisão e consequente transformação no modo de lidar com o processo de adoecimento e com o significado desta experiência para a vida.

Google imagens

Dentre os tipos de câncer mais comuns, o câncer de mama e o tratamento decorrente deste diagnóstico desencadeiam repercussões subjetivas na vida da mulher, visto que a mama está simbolicamente atrelada a aspectos da identidade feminina: autoimagem, autoestima, sexualidade e maternidade.

É relevante compreender que cada paciente é singular, com sua autêntica história, crenças, expectativas e experiências. Deste modo, cada pessoa terá um enfrentamento único e particular desta vivência.

O acompanhamento psicológico também é indicado e oferecido aos cuidadores e familiares que necessitem de um espaço onde possam compartilhar, elaborar e expressar o significado desta experiência, uma vez que estes acompanham o paciente  de maneira muito próxima e intensa, podendo desenvolver alguns sintomas, como ansiedade, depressão, entre outros.

O atendimento psicológico em oncologia tem a finalidade de oferecer um espaço de escuta e acolhimento onde as demandas emocionais do adoecer e seus questionamentos possam ser compartilhadas, expostas, sentidas, pensadas e cuidadas.

O acompanhamento terapêutico visa fortalecer o paciente frente às questões ligadas ao tratamento e demais aspectos de sua vida; Sobretudo evidenciando sua potencialidade de ser, auxiliando sua capacidade de transformação individual diante de uma situação de crise, na qual novas possibilidades possam ser ampliadas no sentido de promover mudanças possíveis, construtivas e com qualidade, a partir das vivências deste processo.

Texto: Gabriela Santana

Psicóloga IOP